Exames

ALUMÍNIO SÉRICO

Até 10,0 ug/L para pacientes normais.

Para pacientes submetidos a tratamento
hemodialítico o Sub Anexo C da Portaria n° 82, de
03 de janeiro de 2000, determina que:

1. A concentração sérica de alumínio deve ser
determinada a cada ano, por meio de espectrometria
de absorção atômica com forno de grafite.
2. Se o valor de alumínio sérico for menor que
30 ug/L manter a determinação dos níveis séricos a
cada ano.
3. se o valor do alumínio for igual ou maior que
30 ug/L realizar o Teste da Desferroxamina,
realizando a dosagem de alumínio sérico a cada
dois meses.
4. Se a diferença entre as duas dosagens for menor
que 50 ug/L, manter as determinações de alumínio
a cada ano.
5. se a diferença entre as duas determinações de
alumínio for maior que 50 ug/L deve ser feita a
biópsia óssea seguida por tratamento por
desferroxamina na dosagem de 10 mg/kg de peso por
semana.

Metodologia desenvolvida e validada pelo laborató-
rio de acordo com a RDC 302 de 13/10/2005, Art.
5.5.5.1.