Notícias

Conheça doenças e problemas respiratórios causados na primavera

Conheça doenças e problemas respiratórios causados na primavera

As estações mudam e, com elas, mudanças em nossos hábitos mais simples. Isso é normal? Sim, de certa forma muito compreensível e passível de cuidado. Lembrando que nosso clima é instável e muda drasticamente a cada mudança de calendário. Por isso, conheça alguns problemas respiratórios que devem ser cuidados com a chegada da primavera.

 

Alergias e problemas respiratórios

O número de pessoas que sofrem com manifestações alérgicas ou sintomas reativos ao pólen, pó, flores, e ao ressecamento do ar é considerável. Muitas enfermidades são típicas da primavera. O aumento desses problemas respiratórios, principalmente em crianças e idosos, são relacionados a:

  • Mudanças de temperatura;
  • Maior ou menor umidade;
  • Frio ou calor intenso.

 

Por causa de índices baixíssimos de umidade do ar, rinite, asma, problemas de tosse e obstrução brônquica pioram muito neste período. Em países com clima mais marcado, o desabrochar das flores, as sementes e tudo relacionado à nova floração levam a crises alérgicas sazonais com espirros, obstrução nasal, coriza e tosse.

 

A lotação nos serviços de pronto-socorro intensa no período de inverno, volta a acontecer na primavera com o aumento das doenças alérgicas respiratórias. Especialmente crianças pequenas e idosos devem ser hidratados com volumes hídricos adequados.

 

Cuide-se e conte conosco para isso!