Notícias

Você sabe o que acontece com a nossa pele no inverno?

Você sabe o que acontece com a nossa pele no inverno?

Tempo frio, ventos gelados e a baixa umidade do ar podem maltratar a nossa pele, que por consequência ficará mais ressecada, causando até mesmo algumas lesões em algumas partes do corpo, como lábios e mãos. E não é somente o ar gelado da serra que poderá contribuir para que isso aconteça: banhos mais quentes, ar-condicionado, aquecedores, menos ingestão de líquidos, menos transpiração. A pele acaba por perder a sua capacidade de reter água e oleosidade natural, desestruturando todo equilíbrio entre água e óleo, também conhecido como manto hidro lipídico, causando ressecamento, rachaduras e aquela sensação de repuxamento.

Para melhorar esses sintomas, inclua em sua rotina:

  • Use protetor solar: mesmo no inverno, seu uso continua sendo de extrema importância. A radiação ultravioleta provoca danos que comprometem a estrutura de sustentação da pele, causando o aparecimento precoce de rugas, flacidez e manchas.

  • Evite banhos muito quentes: em 15 minutos de um banho muito quente, a pele tende a perder água e lipídeos, o que compromete sua função de proteção.

  • Hidrate seu corpo: tenha em mãos um bom creme hidratante para passar em seu corpo após o banho ou antes de dormir.

  • Alimente-se bem: A vitamina E e o selênio, que contribuem para conservar a qualidade da pele, são encontrados em oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas. E uma boa notícia para quem é fã de chocolate: a versão amarga contém flavonóides, substâncias com efeito antioxidante que também são benéficas para a pele.

  • Tome água: Manter o corpo hidratado internamente também é extremamente importante. Consuma ao menos 2 litros de água todos os dias. Caso sinta menos sede no inverno, opte por chás para complementar.